Obrigado por se inscrever! 🎉

Obrigado 🎉por se inscrever!

Verifique sua caixa de entrada para receber nossa newsletter mensal

Inscreva-se para receber nossa newsletter 😊

O que é o triângulo de ferro e como adequá-lo ao planejamento ágil de projetos.

O que é o triângulo de ferro e como adequá-lo ao planejamento ágil de projetos.

Todos na monday.com

Ah, o triângulo de ferro. Um clássico na gestão de projetos, o triângulo de ferro representa as três restrições que podem afetar um planejamento: escopo, tempo e custo. Com poucos ajustes, ele sobrevive há anos.

Mas os tempos são outros.  As necessidades dos clientes mudam na velocidade da luz. As equipes devem ser mais ágeis para responder a todas elas. E os líderes precisam deixar as equipes livres para atingir os objetivos mais rapidamente, sem obstáculos. 

Um triângulo rígido não combina com a forma como trabalhamos hoje.

Precisamos que o triângulo de gerenciamento de projetos evolua para um triângulo ágil, que leve em conta, antes de mais nada, o valor entregue.

Como evoluiu esse novo triângulo de gerenciamento de projetos? E como você pode maximizá-lo em seu fluxo de trabalho? Vamos começar com um pouco de contexto e seguir a partir daí.

O que é o triângulo de ferro?

Existem diversas teorias sobre como gerenciar projetos de forma eficaz. Uma das mais populares é a do triângulo de ferro.

O triângulo de ferro define cada um de seus eixos como restrições: escopo, orçamento e prazos.  

Escopo no gerenciamento de projetos — No gerenciamento de projetos, o escopo é essencialmente uma lista de todos os recursos e trabalhos relacionados que você precisa concluir para entregar o produto final. Em um triângulo de ferro, o escopo é geralmente representado na parte superior. Isso porque ele é, na maioria das vezes, mais fácil de definir. 

Ao começar um projeto, você sabe o que quer atingir e como espera que seja o produto final. Pelo menos na teoria. Logo no início, como todos sabemos, as demandas do projeto podem mudar ou descobrimos detalhes que deixamos passar em nossa avaliação original.

Prazo no gerenciamento de projetos — Determinar o prazo que um projeto levará para ser concluído é realmente complicado. Em primeiro lugar, porque geralmente estão envolvidas muitas etapas até que se possa chegar ao produto final. 

Por exemplo, se você estiver desenvolvendo um novo software, vai precisar programar o back-end com sistemas de base de dados, funcionalidades de filtro e alertas automatizados. Além disso, será necessária de uma equipe de trabalho no front-end para que o UI e UX tenham um alto nível. E mais, o pessoal de desenvolvimento de negócios estará em campo trabalhando na pré-venda ou procurando testadores beta. Em outras palavras, gerir do prazo significa calcular a soma da duração de todas estas atividades, tendo em conta a eventual sobreposição entre elas, para organizar um calendário viável. 

Custo no gerenciamento de projetos — E, finalmente, temos o custo. Suas instalações físicas, horas de trabalho e até taxas legais devem ser contabilizadas. Você também precisará definir um orçamento detalhado. Muitas vezes, um software de gerenciamento de projetos pode ser útil para essa tarefa técnica e tediosa.

Tenha em mente que mesmo podendo ajustar as restrições no meio do caminho, cada ajuste afetará o planejamento. Afinal, o triângulo precisa permanecer geometricamente proporcional para funcionar. Assim, se você quiser tocar o projeto mais rápido, precisará investir mais em mão-de-obra. Se quiser agregar algo ao escopo, como um novo recurso na plataforma de gerenciamento de inventário, será necessário adicionar mão-de-obra e verba. Caso contrário, perde-se o objetivo central — um produto de qualidade.

Mas o triângulo de ferro ainda se encaixa nos ambientes de trabalho modernos? 

Agilidade é tudo no mundo dos negócios

Como dissemos antes, a agilidade é uma das características mais importantes das organizações bem-sucedidas atualmente. 

Com as necessidades e desejos dos clientes em constante mudança, os ambientes em transformação e a rápida evolução tecnológica, está sendo difícil para muitas empresas acompanhar o ritmo. Acrescente a isso a necessidade de tomar decisões rapidamente — sem burocracia — e criar mais novos produtos e serviços do que nunca, e pronto: o caos está formado. 

Como arrumar essa bagunça?

Ganhando agilidade. A agilidade — uma combinação de flexibilidade e respostas rápidas — ajuda as organizações a se movimentarem mais rapidamente e a se manterem alinhadas. O que começou como uma forma de trabalho dos desenvolvedores de softwares, está se tornando uma obrigação em muitas organizações.

Então, como adequamos o triângulo de ferro a essa nova realidade?

A vantagem do triângulo ágil

O conceito do antigo triângulo de ferro foi questionado ao longo do tempo. 

Muitos gerentes de projeto veem o triângulo de ferro como muito constritivo e focado no escopo, não no impacto. Por exemplo, um programador que esteja desenvolvendo um software deve estar focado em lançar o produto – não em ajustar as dimensões de um triângulo para garantir a perfeição de seus ângulos rígidos. 

É por isso que muitas empresas passaram a usar o “triângulo ágil”.

Tendo Jim Highsmith como pioneiro, este modelo se baseia em uma relação de três vias que devem trabalhar em conjunto para a conclusão bem-sucedida do projeto. Na parte superior do triângulo ágil, em vez do escopo, você encontra valor e impacto. Na base, qualidade e restrições (e não custo, tempo e escopo).  

Isto é uma mudança e tanto.  Porque é o valor, no final das contas, o objetivo de qualquer projeto. Não trabalhamos neles simplesmente por diversão.  Queremos causar impacto e entregar para usuários e clientes projetos com valor real . 

Então, em vez de basear nosso trabalho em métricas como um escopo pré-definido, nos concentramos no valor para o cliente final. 

Se o seu programador encontrar uma maneira de adicionar mais valor ao software, com um recurso extra ou uma correção de versão, ele deve ser incentivado a fazê-lo. Especialmente se você sabe que seus clientes vão adorar.

Qual estilo de gerenciamento de projetos é ideal para você?

Não há resposta certa sobre qual estilo de gerenciamento de projetos é perfeito para você, ou se o triângulo ágil funcionará para sua equipe. Embora, como mencionamos, a agilidade e o valor entregue ocupam, cada vez mais, o centro do palco.

E mesmo que uma plataforma como o Work OS possa ajudá-lo a gerenciar seu projeto, seja você um entusiasta do triângulo de ferro ou do ágil, a agilidade é um valor a ser sempre lembrado.

Se você se mantiver ágil — e for capaz de se movimentar rapidamente para maximizar o impacto —, poderá crescer e obter melhores resultados. 

Quer usar um Work OS visual super ágil?

Experimente nossos template de gerenciamento de projetos!
Não consegue se cadastrar?
Contate-nos. Estamos disponíveis 24/7.